ESCOLA DE MÚSICA - ELLAM

CRISTO É UMA QUESTÃO DE OPÇÃO

CRONOLOGIA BÍBLICA

CRONOLOGIA BÍBLICA

quinta-feira, 29 de março de 2012

EPÍSTOLAS



AS EPÍSTOLAS SÃO:

(Romanos), (I-II aos Coríntios), (Gálatas), (Efésios), (Filipenses), (Colosenses), (I-II aos Tessalonicenses), (I-II ao Timóteo), (Tito), (Filemom), (Hebreus),(Thiago), (I-II Pedro), (I-II-II João) e (Judas).
  
   Obs. As trezes primeiras epístolas foram escritas por Paulo e são conhecidas como (Epistolas      Paulinas)  (do grego antigo πιστολή, “ordem, mensagem”, pelo Latim epistòla,ae “carta, mensagem escrita e assinada”) é um texto escrito em forma de carta, para ser correspondido a uma ou várias pessoas.
Epístolas Paulinas - É como são conhecidas o conjunto de cartas do apóstolo Paulo reunidas no Novo Testamento.  Paulo escreveu as epístolas para as comunidades que visitara, pregando e ensinando as máximas cristãs. As cartas relacionadas a seguir (conhecidas como Corpus Paulinum) são aquelas que tradicionalmente são atribuídas a Paulo: 
1-      Romanos
2 e 3 -   I-II aos Coríntios
4- Gálatas
5- Efésios
6- Filipenses
7- Colosenses
8 e 9 -    I-II aos Tessalonicenses
10 e 11-   I-II ao Timóteo
12- Tito
13 - Filemom

- Estas epístolas são classificadas em quatro grupos que são:

                  N° 01 - Epístolas Escatológicas - (I-II Tessalonicenses) É uma epígrafe que faz referência à época em que foram compostas. Não somente se considera que são os escritos mais antigos do apóstolo Paulo, mas também de todo o Novo Testamento.
                  N° 02 - Epístolas Soteriológicas - (Romanas, I-II Coríntios e Galatas) Entre elas está incluída a de Gálatas apesar da pequena extensão do texto. A razão está no seu estreito parentesco com Romanos, o que requer considerá-las juntamente.
                  N° 03 - Epístolas Prisão – (Efésios, Filipenses,Colocensses e Filemom) Quando Paulo redigia estas cartas, se encontrava preso em algum lugar que não se conseguiu determinar. Muitos pensam que se tratava de Roma outros sugerem Éfeso entretanto, na realidade, nem sequer se pode afirmar com certeza que as quatro epístolas tenham sido escritas desde uma mesma prisão. 
                  N° 04 - Epístolas Pastorais – (I-II ao Timóteo e Tito) Correspondem a um tempo em que o Cristianismo, tendo já progredido na fixação da doutrina e na elaboração da estrutura eclesiástica, precisava ordenar administrativa e pastoralmente a sua vida e o seu trabalho.
     As Epístolas não-paulinas - São chamadas de Universais ou Gerais ou (obs. católicas é mesmo que universais). As sete restantes ou (oito, com a epístola aos Hebreus) são:
  1. Epístola aos Hebreus
  2. Epístola de Tiago
  3. Epístola de Pedro
  4. Epístolas de Pedro (primeira e segunda)
  5. Epístola de João (primeira, segunda, terceira)
  6. Epístola de Judas
    Embora atribuídas a "Tiago", "Pedro", "João" e "Judas", a autoria é muito controvertida; na prática, pode-se dizer que são de autoria desconhecida. Começou a se aplicar este título no séc. II, quando ainda estava se formando o cânon dos livros do Novo Testamento. Significa que as sete cartas do grupo (exceto 2Jo e 3Jo, que foram incluídas aqui por seu parentesco com 1Jo) não são dirigidas a um destinatário determinado, mas aos crentes em geral.
- Os evangelhos foram escritos para todos
- As epistolas para as igrejas.
- As epistolas pessoais. – (Tito e Filemom)

                                                           **********************
Epistola - É um documento.
Escatológica – Estudo das doutrinas do fim.
Soterológicas – Estudo da salvação.
Cartas - pastorais

Obs. A Epístola aos Hebreus hoje é universalmente considerada obra de outro autor, anônimo. Ainda pairam dúvidas sobre a autoria das epístolas aos Tessalonicenses, aos Colossenses, aos Efésios e sobre a autoria das epístolas pastorais. A mais importante de todas é a Epístola aos Romanos, datada de 57/58, que exerceu grande influência na doutrina cristã e também na Filosofia Ocidental.

Estrutura básica –    As epístolas bíblicas têm a mesma estrutura formal das cartas escritas pelos gregos durante o Período Helenístico: cabeçalho, mensagem, saudação final.

Cabeçalho: nome do remetente e do destinatário, saudação inicial;
Mensagem: agradecimento, preces, orientações, explanações;
Saudação final: do próprio autor e, às vezes, também de amigos e conhecidos mútuos.

Epístolas paulinas   Paulo de Tarso  c. 10 / 65

   Paulo (ou Saulo) de Tarso (gr. Σαλος ou Παλος), "São Paulo", é a mais conhecida das figuras históricas do NT. Era um cidadão romano de origem judia, que nasceu em Tarso por volta de 10 e que se converteu ao cristianismo por volta de 33. Seu nome em hebraico, era Saulo de Tarso (שאול התרסי‎, Šaʾul HaTarsi, e Paulo em romano sendo o mesmo nome com pronuncia ), Incansável viajante, desenvolveu intensa atividade missionária e foi um dos grandes responsáveis pela difusão da fé cristã nos primeiros tempos. Preso pelos romanos e mantido no cárcere em Éfeso (56/57), Cesaréia (58/60) e Roma (61/63), foi finalmente executado nessa última cidade por volta de 65.

   As quatorze cartas tradicionalmente atribuídas a ele foram escritas entre 50 e 65, provavelmente; apenas nove ou dez, porém, são realmente de sua autoria. Distinguem-se cartas escritas durante a atividade missionária, cartas do cativeiro, escritas na prisão, e cartas pastorais, destinadas à disciplina das comunidades cristãs.
missionárias
aos Romanos, aos Coríntios (primeira e segunda), aos Gálatas, aos Tessalonicenses (primeira e segunda)
do cativeiro
aos Filipenses, aos Colossenses, a Filêmon e aos Efésios
pastorais
a Timóteo (primeira e segunda), a Tito

                                                      Smodger Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário