ESCOLA DE MÚSICA - ELLAM

CRISTO É UMA QUESTÃO DE OPÇÃO

CRONOLOGIA BÍBLICA

CRONOLOGIA BÍBLICA

sexta-feira, 27 de abril de 2012

TEOLOGIA & RELIGIÃO: A MISÉRIA NO MUNDO

TEOLOGIA & RELIGIÃO: A MISÉRIA NO MUNDO: ANALISE   SOBRE A   A MISÉRIA NO MUNDO      A história de toda a sociedade humana até nossos dias é uma história de l...

A MISÉRIA NO MUNDO


ANALISE
  SOBRE
A
 A MISÉRIA NO MUNDO




    A história de toda a sociedade humana até nossos dias é uma história de lutas ente as classes; Senhores e escravos, patrícios e plebeus, barões e servos da gleba, mestres e aprendizes; Definindo melhor as minhas palavras digo, a saga dos opressores e dos oprimidos, que frente a frente, vivem sempre empenhados em uma luta ininterrupta, ora velada, ora ostensiva; Uma luta que conduz em cada etapa à transformação revolucionária de todo o regime social ou ao extermínio de ambas as classes beligerantes, tendo a miséria como o quadro resultante.
 
     Todo estes quadros de contraversões deliberadas, contribuíram no passado e ainda contribuem entre as classes sociais, quadros de disputa que desemboca na estratégia de sufocar os menos privilegiadas, de silenciar a voz dos oprimidos, e os privar de suas necessidades, direitos e razão; Nestes pressupostos mais verdadeiros quadros de violência diversificadas são gerados, neste universo de diversificações e formas de violência arbitradas e cometidas a esmo, ocasiona a “miséria” a qual alastra-se feito uma bactéria ofensiva e destrutiva, em meio aos menos observáveis e tolhidos de seus direitos mais básicos e fecundos, o direito de ser e ter.
  
    Dizer que a miséria humana não encontra-se associada ao desvario de mentes insanas, me faz fazer uso do dito popular que diz “é querer tapar o sol com uma peneira” é não querer enxergar o que é obvio; O desvio e a ausência de diversos fatores fundamentais os  quais servem como colunas entre as classes, é que causa as intransigênciasdeficiências levando a falta de sentido de coletividade e a desagregação do humanitarismo, a miséria possui é diversificada entre as classes; Estes são alguns dos pontos observados da miséria na terra, todavia creio eu que estes pontos aqui destacados são oriundos dos reflexos de uma causa primaria, e não são absolutamente o ponto nefrálgico da miséria.

   A luta pelo domínio, a busca pelo poder, a violência são na verdade às consequências primarias e primevas da miséria na terra, homens e  sociedades corrompidas, desde os mais remotos tempos da humanidade; Podemos perceber a necessidade de alguns se sobreporem a outros, com isto surgem cérebros pensantes e mais destacados, mentes capacitadas que exercitam, renovam e criam, fazendo surgir lideres consequentes e inconsequentes, em meio ao convívio social; Toda esta atmosfera tem haver com os limites da intelectualidade, os limites dos limitados redundando na incapacidade intelectual, em contra partida os mais dotados se sobrepõe e se radicalizam por seus pensamentos e atitudes.

 “Quem não pensa é abstenho de formar opinião própria, de questionar e de se posicionar, este sempre estará exposto e  submetido a um tipo de miséria e violência”. 

   Assim em meio a estas questões a eclosão da miséria é inevitável, podemos também frisar que o fruto da supremacia de alguns e de poucos, gera a miséria que é uma forma de violência; A miséria e a violência encontram-se atreladas intimamente ao fator financeiro, podemos perceber o grande vilão agindo não de forma sorrateira más de maneira escancarada entre as classes e níveis sociais; A mal distribuição de renda, de terras, gera o empobrecimento e a miséria criando um desequilíbrio social, este é um quadro global, o dinheiro é o motor que gera essa energia negativa no planeta dos homens, que conduz as mais variadas formas de disputas. 

  O que podemos perceber é que a miséria não é localizada ela é generalizada, por não ser localizada estende-se como um estilhaço de uma granada, explode nas mais variadas direções, isto é visto nas diversas camadas sociais, o que me leva ha questionar os verdadeiros motivos básicos da miséria e sua violência, e me dou conta que chego a uma única conclusão, a degeneração ética e moral do homem é a causa arbitral da miséria no mundo; A miséria entre: os homens, as classes sócias, os povos, as etnias e elites; É fruto de mentes em desordem, egoitas as quais vivem na ausência dos conceitos mais básicos da moral, são estes os fatos e frutos que gera a miséria no mundo.

                                                                                       Smodger Silva

quinta-feira, 26 de abril de 2012

TEOLOGIA & RELIGIÃO: A DOUTRINA DE DEUS

TEOLOGIA & RELIGIÃO: A DOUTRINA DE DEUS:                                                                 CAPITULO 1 a)    A EXISTÊNCIA DE DEUS    Crê na exist...

TEOLOGIA & RELIGIÃO: CRENTE AVIÃOZINHO

TEOLOGIA & RELIGIÃO: CRENTE AVIÃOZINHO:      Estamos vivenciando para lamentação do evangelho de Cristo praticas que descaracterizam a genuína mensagem de Jesus, homens que ...

TEOLOGIA & RELIGIÃO: RESUMO LIVRO ...

TEOLOGIA & RELIGIÃO: RESUMO LIVRO ...:         - Ascensão de Cristo.                                                          - Escolha do substituto de Judas        ...

TEOLOGIA & RELIGIÃO: A BUSCA CEGA PELOS MILAGRES DE DEUS

TEOLOGIA & RELIGIÃO: A BUSCA CEGA PELOS MILAGRES DE DEUS:         Como reage o individuo quando Deus não responde as suas suplicas e não sacia a sua ânsia, acontecer um período de espera ...

segunda-feira, 16 de abril de 2012

A BUSCA CEGA PELOS MILAGRES DE DEUS


   
    Como reage o individuo quando Deus não responde as suas suplicas e não sacia a sua ânsia, acontecer um período de espera é natural, mas o tempo passa e a resposta não vem, a esperança se esvai e fenece e vem com ela a frustração e a descrença, é neste momento que o diabo entra em ação e põe nas mãos dos desejosos o poder a fama e a gloria, através da religião.
   
    E o que hoje vemos é justamente essa verdade o diabo enganando dentro e fora dos templos através de supostas manifestações do Espírito Santo; Ora! Espírito de Deus é puro e Santo, ele não precisa se manifestar de forma que macule a presença de Deus ou que Deus seja levado ao ridículo; Essa coisa de “cai-cai ou do treme-treme”, não vem de Deus, a função do Espírito Santo no mundo é convencer o homem do pecado e o guiar para o céu, passou disto é mentira e fantasia.

    Causa dor e nojo ao vê que o evangelho de Jesus estar sendo anarquizado e ridicularizado, e que se não cuidarmos de dar um verdadeiro exemplo seremos levados a um caminho de falência da verdade do evangelho em poucos anos. Porem sei e creio, que Deus reservou e guardou, muitos que ainda que guardam e preservam a sã doutrina.   

    É mister que tudo isto venha acontecer, o que posso afirmar é que esse é um plano traçado pelo diabo e confirmado pela onipotência e a onisciência  de Deus, já prevista nas profecias bíblicas, vemos o cumprimento da palavra acontecer em nossos olhos “e por aumentar a iniquidade o amor de muitos esfriara”.

   Essa onda nefasta do uso indiscriminado e da exploração do espiritual, gerará algo que já vem acontecendo em nossos dias, à necessidade urgente de uma organização que fiscalize, conduza e doutrine o cristianismo, em todas as suas ramificações, e os leve a um caminho regrado, eu falo do ecumenismo mais uma aparência ilusória do erro; É necessário que o ecumenismo aconteça, para que a ordem aconteça e as desordens de alguns cristãos sejam banidas, e desemboquem em um outro e fatal erro, facilite a chegada do Anti- Cristo.      

                                                              Smodger Silva

RESUMO LIVRO DE ATOS


     

 
- Ascensão de Cristo.                                                      
- Escolha do substituto de Judas                                      
- Dia do pentecoste.                                                         
- Liderança de Pedro.                                                                                       
- Surge a igreja.                                                             
- Pedro e a cura do paralitico.                                                                          
- Mensagem de Pedro.                                                    
- Pedro e João são presos.                                             
- Cinco mil pessoas creem na mensagem                        
- São interrogados                                                        
- Pedro é proibido de falar de Jesus.                               
- A igreja cresce.                                                          
- Pedro é prezo (miraculosamente é solto).                     
- Pedro é açoitado.                                                           
- Testemunho em toda a Cesárea e Jerusalém.                 

  - Sete homens são separados cheios do Espírito Santo.    
- Estevão é martirizado é o primeiro mártir.
- Perseguição a igreja.                                                 
- Felipe leva a mensagem a Samaria.                            
- Pedro e João são enviados a Samaria.                         
- Simão oferece dinheiro a Pedro.                                 
- Felipe vai para Gaza.                                                 
- Um etíope mordomo-mor de Candace, rainha dos etíopes é batizado por Felipe.                                                                  
- Felipe é arrebatado logo após batizar o etíope.             
- Filipe se achou em Azoto anunciou o evangelho em todas as cidades, até Cesaréia.                                                              

 - Saulo de Tarso consente o apedrejamento de Estevão.  
- Saulo persegue a igreja.                                             
- Os cristãos fogem para Judeia, Samaria e Damasco.      
- A mensagem do evangelho é levada as cidades.
- Paulo recebe carta de autorização e persegue os cristãos até cidade Damasco.
- Jesus aparece a Saulo através de uma forte luz.
- Saulo recebe uma missão (levar o evangelho aos gentios).
- Saulo fica cego.
- Saulo é levado a Damasco (Ananias ora por Saulo). 
- Saulo fica cego por três dias.
- Saulo é batizado por Ananias.
- Saulo vai e testemunha em Jerusalém.
- A igreja é dividida entre Judeus e gentios.
- O centurião Cornélio tem uma visão e chama Simão (Pedro).
- Pedro orando tem uma visão sobre animais puros e impuros.
- A mensagem de Pedro a Cornélio e sua casa.
- A mensagem de Pedro, Deus não faz distinção de pessoas.
- Os gentios recebem o batismo com Espírito Santo.
- Pedro é acusado perante a igreja de levar a mensagem aos gentios.
- A igreja reconhece que o evangelho é para todos.



- Os cristãos em Antioquia entre Gregos e Judeus.
- Barnabé é escolhido para servir em Antioquia.
- Barnabé escolhe Paulo e abre a mensagem entre os gentios em Antioquia.
- Fome na Judeia.
- Thiago é morto pelo rei Herodes Agripa I.
- Pedro é encarcerado (é solto por anjo).
- Agripa I (Herodes) é ferido por um anjo, por aceitar ser gloriado perante os homens.      


- Discussão sobre a salvação se é através da circuncisão ou da graça.
- Acontece a primeira assembleia entre os apóstolos e anciãos assunto a circuncisão.
- Tiago defende a entrada dos gentios e a salvação pela graça.
- Judas e Silas são separados.


- Silas e Paulo são guiados pelo Espírito a outras nações.
- Paulo, Timóteo e Silas seguem em viagem.
- Paulo escuta uma voz que diz “passa a Macedônia”.
- Uma mulher por nome Lidia recebe a mensagem do evangelho através de Paulo na Macedônia.
- Paulo repreende um demônio em uma jovem (escrava)
- A revolta do dona da escrava; Levam Paulo e Silas ao magistério onde são chicoteados e encarcerados.
- Paulo e Silas cantam ao Senhor a meia noite.
- Acontece um terremoto, o carcereiro tenta suicidar-se é salvo por Paulo e aceita a Jesus.

- Paulo é preso em Jerusalém e salvo de ser lixado.
- O tribuno (Cláudio Lísias), chicoteia Paulo e ele apela por sua cidadania Romana.
- É levado ao sumo sacerdote Ananias.
- Paulo recebe a visão de que deveria ir a Roma.
- Trama para matar Paulo, fugindo de Jerusalém é levado a Felix.
- Paulo é levado ao tribunal de Felix na Cesaréia . 
- A igreja é considerada como uma seita.
- Paulo fica preso durante dois anos.
- Paulo é acusado perante Felix pelo sumo sacerdote Ananias, e alguns anciãos tendo Tértulo como orador.
- Paulo discursa perante o governado e sua mulher Drusila.
- Passados dois anos, Pórcio Festo substitui a Félix.
- Paulo é acusado novamente perante Festo.
- Paulo apela pelo tribunal de Cesar.
- Paulo discursa perante o rei Agripa II e sua mulher Berenice (Berenice era sua irmã) e o governador Festo e a alta corte (este Agripa era o bisneto de Herodes, o Grande, que reinou na Judéia no nascimento de Jesus Cristo em Belém. O seu pai, Herodes Agripa I, mandou executar Tiago e prender Pedro).


- Paulo chega a Roma e a comunidade aluga uma casa para Paulo.
- Paulo Doutrina as igrejas a partir de Roma.
- Paulo enfrenta a descrença de alguns Judeus.
- Paulo escreve a carta para Efeso em prisão.
- Paulo da continuidade na escrita de cartas.
- Paulo declara perder tudo por amor a Cristo.
- Paulo declara a graça de Jesus através da fé.
- Paulo é liberto da prisão em Roma.
- Paulo volta a ser preso e recebe condenação de morte.
- Paulo escreve sua ultima carta e exorta Timóteo a ser fiel.
- Paulo em suas ultimas palavras diz: Combati o bom combate, terminei a corrida, guardei a fé.
                                                                               Smodger Silva